quarta-feira, dezembro 05, 2007

Longeva

janela cotidiana
um borrão, vários borrões
congestionamento de idéias
Yellow Submarine

...

vago planejamento
auto-revisão frouxa
balanço lacrimejado
desvertebralização.

no reflexo, me:
(re)vejo e te:
desejo, e se
o ensejo de rir
me inibe –
satisfeita e só

recobro o devir
do dia
manhã pueril
partida; à revelia
na Avenida Brasil
______________!

intruncarros
intransitáveis
/intramitáveis mentes travadas/

hematoebulição
uma cor, dois corpos, três
defenestrados de uma vez;
macrocena que se fez
sublimada num mp3.

Um comentário:

Anônimo disse...

Legal como você faz o 1136 parecer poético ^^. Brincadeira po ficou muito manero quando vc está pensando e não pensado ao mesmo tempo com a cara coladana janela.