terça-feira, julho 21, 2009

pequei!

pequei, admito
e não escondo

não me pergunte por que

se tive a audácia de fingir por tanto tempo
como teria medo de me lançar à própia sorte?

em meu testamento, deixo-lhes o entendimento
comigo, levo só incoerências...

Nenhum comentário: