quarta-feira, setembro 28, 2016



quando chega mais um ano
é sempre um susto, quase uma surpresa
essa permanência surrada
sangue coagulado

revanche guardada num lampejo.

Nenhum comentário: